Ator pornô gay Chris Bines é condenado a 5 anos de prisão

Conhecido por sua atuação em pornôs gays, Chris Bines foi condenado a quase cinco anos (59 meses) de prisão.

Bines, cujo nome real é Steven Michael Sholly, foi acusado de vender maconha e lavagem de dinheiro.

A quantidade impressiona: entre 2014 e 2017, ele e outros quatro acusados ganharam mais de U$ 3,5 milhões (cerca de R$ 12 milhões).

Neste período, eles teriam distribuído mais de 100 quilos de maconha nos Estados norte-americanos da Flórida e da Califórnia.

Bines já fez filmes para grandes estúdios pornôs, como Men.com e Raging Stallion e dividiu a cena, seja como ativo ou como passivo, com atores famosos, tais como Armond Rizzo e Johnny Rapid.

(Visited 5 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta