Colégio em Duque de Caxias (RJ) vira meme Gay na Web. Saiba porque.

Muito popular dentre os guetos da comunidade LGBT nos anos 90/2000 e que voltou a ascensão recentemente, a gíria gay “poc” se tornou uma verdadeira dor de cabeça para um colégio de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, que utiliza a mesma palavra para designar a sigla que abrevia o seu nome (Primavera Organização Cultural) e que resultou na exclusão da página oficial da instituição no Facebook.

Tudo começou quando pessoas do meio LGBT, descobriram as imagens da fachada da escola na internet e resolveram brincar com a coincidência entre os nomes. “Gente, com a ajuda da Lei Rouanet estou inaugurando minha escola, o colégio POC, com aulas praticas de deboche e estalo de leque. Além de laboratório de colocação e primeiros socorros para ajudar as amigas caídas”, brincou um internauta em um dos memes.

Logo, a brincadeira viralizou e muitos gays lotaram as redes sociais do colégio de mensagens engraçadas, porém as publicações não foram muito bem-vindas pela instituição de ensino, que chegou a se manifestar contrária às gracinhas dos usuários. “Depois não sabem porque há tanta homofobia”, escreveu em um post.

Em outra publicação, o administrador se pronunciou sobre a situação. “Ultimamente recebemos muitos views, muitos memes foram feitos, muitas brincadeiras e muitas chacotas foram feitas. Eu, como administrador desta página, peço desculpas a todos que por acaso, perdi a cabeça e ofendi alguém. Mas, também queremos pedir respeito, porque tem certas pessoas por aqui, que pegaram fotos de nossos alunos, da nossa instituição, e fizeram muitas brincadeiras de mal gosto”, comunicou.

Diante da repercussão, o Colégio POC decidiu desativar então a sua Página oficial no Facebook, porém a mesma retornou ao ar, após alguns dias. A escola foi fundada em 1984 e oferece ensino para estudantes do Ensino fundamental ao Médio.

(Visited 5 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta