Elencamos os melhores eventos do segmento LGBTQ+ do Planeta

As lutas LGBT ganham mais destaque e mais apoiadores a cada ano que passa. Através de grandes marchas e festivais, a comunidade mostra sua força e união, chamando a atenção do mundo inteiro e mostrando que não vai descansar enquanto não conquistar duas coisas básicas: o fim da homofobia e a igualdade de direitos. Nada mais justo, né?

Além de necessários, esses eventos também são lindos, diversos, inclusivos e superdivertidos. Eles acontecem pelo mundo todo: Brasil, Inglaterra, Estados Unidos, Espanha, Canadá, Austrália, Israel – e vale a pena comprar uma passagem para conferir cada um. Para saber quais são as melhores festas, o GLS Planet, através de uma minuciosa pesquisa, escolheu 7 eventos que estão na preferência de 9 entre 10 gays e comentar suas imperdíveis edições deste ano.

World Pride Madri, na Espanha

A Espanha tem uma das legislações mais avançadas do mundo no quesito de igualdade de direitos para a comunidade LGBT, e a marcha madrilenha já está completando 41 anos. “Essa edição será ainda mais especial, pois vai receber a World Pride, que é a Parada LGBT Mundial”. Ela acontece no dia 1 de julho e a expectativa é de receber dois milhões de pessoas. “É, com certeza, o evento LGBT mais imperdível do ano.”

Parada LGBT de São Paulo

A 20a edição do evento, no ano passado, levou trios elétricos e dois milhões de pessoas para a Avenida Paulista, segundo a organização. “É uma das maiores e mais animadas do mundo”. “Apesar de termos ainda tanta violência contra gays, lésbicas, bissexuais e trans por aqui, nossa parada é referência.” A edição de 2017 contou com a presença de Daniela Mercury,  musicista brasileira considera ícone da cena Gay.

NYC Pride, nos Estados Unidos

A média de público é de 30 mil pessoas, ou seja, é a menor parada da nossa lista. “Mas é a mais antiga de todas”, aponta Fábia. O movimento de protestos americanos contra a homofobia começou nos anos 70 e tomou força com o assassinato do político e ativista gay Harvey Milk, da Califórnia, em 1978. Esse ano, os eventos começam no dia 16 de junho e terminam no dia 25, quando a parada final acontece.

Tel Aviv Pride, em Israel

“Por incrível que pareça, Tel Aviv se consolidou como a capital LGBT no Oriente Médio”, comenta Gabi. O ato começou em 1997 e reúne mais de 200 mil pessoas todos os anos, em uma parada de frente para a praia. Este ano, a pride week vai de 4 a 10 de junho e a grande parada acontece no dia 9.

Circuit Festival Barcelona, na Espanha

Ele acontece desde 2008 em duas versões – a gay e a lésbica – e leva cerca de 70 mil pessoas para as ruas de Barcelona.”É imperdível. Rolam festas, eventos culturais e esportivos, parque aquático e ônibus especiais do festival circulando entre todos os locais”, contam. Este ano, a festa acontece de 5 a 20 de agosto.

Festival Hell and Heaven no Brasil

A América Latina está bem representada em se tratando de Festival do segmento LGBTQ+ com o Festival Hell e Heaven. O evento acontece anualmente na paradisíaca Guarajuba no litoral Norte da Bahia com diversas festas durante quatro dias . Logo quando surgiu, a Hell e Heaven acontecia em Sauipe dentro de um mega Resort e a presença de mais de 5 mil pessoas em sua maioria homens de diversas partes do Brasil e também do Mundo. Este ano o Festival comemora 10 anos e escolheu como palco comemorativo a também paradisíaca Porto de Galinhas em outro estado do Nordeste do Brasil, em Pernambuco de 15 a 18 de Novembro de 2018.

Festivais de Cinema

As meninas gostaram do Sicilia Queer Festival, em Palermo, na Itália – elas estiveram lá no ano passado. “Mas existe uma quantidade grande de festivais LGBT para quem é ligado na Sétima arte”. Para escolher, ela recomenda conferir o site Queer Film Festivals, que tem o calendário anual completo.
(Visited 6 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta